Todos os posts de

Aline Oliveira

dica-marketing-digital-empresa-consultoria

Dicas de marketing digital para sua empresa de consultoria

By | Marketing na Consultoria Híbrida | Sem comentários

O marketing digital está ganhando cada vez mais espaço. Sua empresa de consultoria já está trabalhando isso? Sabemos que na consultoria tradicional os clientes acabam vindo por indicação. Mas hoje em dia, com o avanço da internet e da nova economia, essa não pode continuar sendo a sua realidade.

Pensando nesse novo cenário, o modelo de consultoria híbrida aparece para resolver a forma como você oferece o seu serviço na nova economia.

Entender os fundamentos do marketing digital, o seu posicionamento e defender a sua autoridade não é mais um diferencial, é fundamental.

Antes de começar, vamos ver se você consegue me responder algumas perguntas:

  • Você conhece o perfil do seu cliente ideal?
  • Quantos clientes você quer?
  • Quanto você precisa e quer vender?

Essas três perguntas são básicas. Se você não conseguiu responder alguma delas com facilidade, recomendo que continue esse texto até o final para acompanhar as nossas dicas.

Conheça e entenda o funil de marketing

 

funil-de-marketing-evolutto

Em um funil de marketing você controla as taxas de conversões em cada etapa. Assim como a imagem aqui em cima mostra.

Vamos lá. Quando você abastece o seu funil, você controla o número total de visitantes no seu site e, depois, quantas dessas visitas se tornaram um lead.

Olhando para o total de leads, você tem controle de quantos deles são realmente uma oportunidade. E por fim, claro, quantas dessas oportunidades fecharam contrato com você.

Ok, entendi. Mas como eu consigo melhorar esses números?

Primeiro de tudo, você precisa planejar o seu marketing para depois pensar nos gargalos do seu funil.

Quer ver?

Planejamento de marketing

Nessa etapa preparatória, você precisa definir a sua persona. Ela é a representação de um cliente ideal.

Então,  eu recomendo que você use esse gerador de personas gratuito da Rock Content. Nele você vai responder perguntas que vão fazer parte do universo dessa sua persona.

Preste muita atenção e responda com bastante carinho. Essa persona vai nortear todas as nossas próximas dicas do post.  

Na verdade, faça mais do que isso, vire melhor amigo dessa persona e saiba todos os segredos dela (principalmente aqueles mais escondidos).

Quando você estiver com a persona em mãos, vai conseguir definir os seus canais de divulgação, até porque você já vai saber onde ela se informa, como ela interage, enfim…

Vai saber, também, quais iscas digitas você vai poder ofertar para que ela esteja disposta a dar algo em troca, como um contato. Nesse ponto você vai saber as dores e exatamente quais “remédios” você pode oferecer.

Com essas informações prontas, podemos seguir com as melhorias dos números do seu funil.

Atração

O primeiro gargalo do seu funil é o baixo número de visitas no seu site. E quando pensamos em visitas, estamos falando de técnicas de atração.

Como assim? Pense comigo:

Como os seus potenciais clientes te encontram?

Para atrair, você pode começar com marketing de busca e marketing de impacto. Qual a diferença entre eles?

Fácil. No marketing de busca (links patrocinados do Google, por exemplo) você vai atrair pessoas que já conhecem o problema e sabem o que estão procurando. No impacto (Facebook Ads, por exemplo), você pode aparecer para quem ainda não sabe o que procura ou para quem já te visitou (remarketing).

Bom, agora que entendemos essa diferença. Vamos continuar. Uma boa sequência de tarefas para essa etapa do funil é:

  • Faça uma promessa com iscas (e-books, webinars, planilhas…);
  • Crie uma campanha nas mídias sociais que a sua persona usa ofertando essa isca;
  • Faça as pessoas acessarem a sua página de oferta, onde sua isca será entregue (pode ser uma landing page específica ou até mesmo um blog post com conteúdo rico com um Call to action forte para a isca).

Conversão

Agora que você atraiu visitantes para a sua página. Quantos você consegue tirar do anonimato?

Essa pergunta aí de cima mostra uma coisa que é certa. Se o tráfego aumentou, mas a conversão não, o problema está na página.

Então, você precisa se atentar a alguns detalhes:

  • Os formulários estão funcionando? Estão bem posicionados?
  • Existem CTAs espalhados pela página? O que está escrito nesses botões?
  • Você está medindo os resultados e fazendo os ajustes?

Todas essas variáveis precisam ser testadas. O próprio Google consegue testar as páginas para você. Você só precisa ter duas versões delas e testar UMA COISA DE CADA VEZ. Isso é muito importante para o teste sair correto.

Essa tarefa de “sair testando tudo” é chamada de teste A/B. E quer uma dica? Faça dele um hábito para aumentar as suas conversões.

Nutrição

Essa etapa é muito importante. Se o seu lead ainda não está preparado para compra, ele precisa ser nutrido com os seus conteúdos.

Nutrir é enviar conteúdo relevante sobre o seu serviço para que o lead fique seguro em te procurar de novo e fechar um contrato.

Você não pode deixar o seu público esquecer de você. Afinal, eles já te deram o contato, você precisa continuar dando algo em troca.

  • Ofereça mais conteúdo gratuito;
  • Crie uma lista de e-mail para newsletter;
  • Use MUITO as mídias sociais;
  • Construa a sua autoridade 🙂

Marketing digital: sua consultoria mais perto dos clientes

 

Bom, você já deve ter ouvido alguma coisa do tipo: quem não é visto, não é lembrado.

Sua consultoria precisa ser vista, precisa ser lembrada e precisa estar presente quando um potencial cliente estiver com alguma dúvida ou procurando por uma solução que você oferece.

Além desses benefícios que já conhecemos, com o marketing digital bem estruturado, você consegue escalar a sua consultoria. Quanto mais pessoas procurarem pelo seu negócio, mais vendas, mais clientes e, claro, mais receita também.

Fique à vontade para nos perguntar se ficou com alguma dúvida. Nós estamos sempre prontos para ajudar.

Inclusive, para os nossos clientes, carinhosamente chamados de Evolutters, desenvolvemos uma plataforma de atração de leads para eles. O marketplace Evolutto!

Comece a dar atenção para esses detalhes que eu mostrei e pode acreditar que os seus números vão melhorar 🙂

consultoria-online

Consultoria online e híbrida: quais as diferença?

By | Consultoria | Sem comentários

Hoje em dia o Brasil é um solo fértil para a prestação de serviços por meio da internet.

Segundo a pesquisa da agência Razorfish, que foi comprada pela Publicis, nosso país tem a maior cultura digital do mundo!

E mais, também temos o maior percentual de pessoas na internet, inclusive na classe C.

Além desses dados, a nova economia também chama a atenção de empreendedores. E por que não a sua, consultor?

A nova economia é baseada em serviços. E como o próprio nome diz, ela é nova.

Você piscou, o seu concorrente já se ligou nisso e está atendendo e oferecendo a consultoria dele no novo formato.

Então, o seu negócio também precisa ser novo.

Não se preocupe se ele não se encaixar. É por isso que estamos aqui e vamos apresentar duas formas de fazer a sua consultoria se adequar ao novo formato.

E eu tenho certeza que você não quer ficar pra trás.

Segundo o Google Trends, a busca pela palavra-chave “consultoria online” está crescendo. Olha só:

consultoria-hibrida-tendencia

Deixo agora uma reflexão:

Se um potencial cliente seu te procurar na internet, ele vai conseguir achar o seu serviço? Vou além, se esse cliente procura uma melhor forma de receber a sua consultoria, ela vai estar preparada?

Antes de você responder, vou apresentar as diferenças entre o modelo de consultoria online e a consultoria híbrida.

Consultoria online

A consultoria online é totalmente remota. Você até pode usar algumas ferramentas que estão no mercado para te auxiliar, mas nenhuma foi pensada exatamente para o serviço de consultoria.  

Consultoria híbrida

Já a consultoria híbrida une o melhor do modelo online, como a disponibilidade e a flexibilidade, com o melhor da tecnologia.

Aqui, o consultor ainda faz as visitas nos seus clientes, mas só quando é realmente necessário.

No modelo  híbrido, estamos falando do controle total do processo. Porque com a plataforma certa, você tem tudo o que precisa para transferir o seu conhecimento da melhor forma possível.

Consegue fazer uma gestão verdadeira dos seus contratos e ainda de todos os atendimentos prestados.

E essa é a missão do Evolutto. Evoluir a forma que você presta a sua consultoria, garantir um atendimento invejável e que você e seu cliente tenham rastreabilidade de todo o processo.

Em uma parceria com a galera do Qualicast, fizemos um podcast dando todos os detalhes de como funciona a consultoria híbrida. Aproveita para ouvir 🙂

semana-consultoria-hibrida

Consultoria online ou híbrida? Qual a melhor?

Os dois modelos atendem à nova economia. Cabe a você identificar a melhor opção para a sua atual situação.

Se você já tentou implementar algum desses novos modelos para a sua consultoria e não deu certo, agora vai dar.

Porque agora a gente vai com você.

A transição do modelo tradicional para o híbrido pode até te dar um pouco de trabalho, mas dá certo.

Vou te falar que vários outros consultores que antes nem conheciam o modelo híbrido já conseguiram fazer a transição. É simples.

Quando optamos pelo modelo híbrido, nossa consultoria ganhou um poder de escala ENORME.

Outra reflexão:

É possível escalar uma empresa de consultoria?

Claro que é.

Só depende de você.

Se você quiser se inspirar na minha história, escrevi um e-book sobre a consultoria escalável.

Lembre-se: você piscou e o seu concorrente se atentou a tudo isso antes de você.

 

  • Nome
  • Seu melhor e-mail