[Total: 1    Média: 5/5]

Os conteúdos digitais para consultoria definitivamente são o futuro desse ramo de atividade. Hoje, com a disponibilidade da internet nos quatro cantos do país, o crescimento do setor, se dá através da escalagem dos serviços. As novas modalidades on-line ou híbridas, antes impossíveis, mostram o seu potencial de atingir públicos que antes estavam fisicamente distantes, por um preço mais acessível.

A produtividade dos novos consultores que fazem o uso dessas novas técnicas aumentou em mais de 10 vezes. A possibilidade de se fazer consultoria, de maneira flexível com o tempo do cliente, sem precisar olhar a agenda do consultor, estando disponível para ele 24h por dia é inevitavelmente um avanço. As vantagens da consultoria digital são enormes, entretanto, para garantir a eficácia da consultoria, alguns principais fatores precisam ser colocados em foco. Algumas boas práticas são necessárias para se criar bons conteúdos que atendam aos seus objetivos:

1 – Tenha um bom método que possa ser revalidado, repetido e melhorado, quantas vezes necessário.

Mais do que nunca, ter um bom método de consultoria on-line para garantir a execução de atividades, se mostra o caminho para solucionar os problemas do alto custo de uma consultoria presencial. A resposta deve ser foco no resultado. Precisamos levar quaisquer empresas de quaisquer tipo, tamanho, setor, a atender os mesmos requisitos que irão compor a implementação proposta.

Você precisa trabalhar o risco de que seu conteúdo não atinja o que foi proposto, então, sempre mantenha a objetividade na sua etapa de criação, com pequenas pausas para avaliar os seus objetivos preestabelecidos. O seu método define quais são as premissas que garantem a confiabilidade da sua consultoria? Faça checklists de verificação, guie o seu cliente pelo conteúdo de maneira dosada e controlada. Garanta que ele irá consumir o seu material na medida certa.

2 – Lembre-se: É uma consultoria, e não um curso.

É importante lembrar que durante uma consultoria, o cliente está procurando por uma transformação para melhor, na sua empresa. É preciso que esse conteúdo tenha a capacidade de levá-lo até essa mudança desejada, sem hesitar. O conteúdo precisa ser orientado ao estado final que se quer atingir.

De forma alguma deve ser interessante para o projeto, que todos os funcionários da empresa necessitem aprender tudo sobre todas as ferramentas de consultoria, todos os requisitos das normas, toda a legislação, para que então essa transformação possa acontecer. É por esse motivo que você consultor, existe.

Seja claro e direto. Crie atividades de fácil compreensão e execução que atendam as demandas necessárias. Você não precisa transferir o conhecimento de um livro, ou de alguma referência teórica. Elabore o passo a passo, e tenha enfoque no “pulo do gato” da proposta. Não devemos cometer o engano de que isso se trata de reter a transferência de conhecimento.Você pode ensinar o que quiser para o seu cliente, mas esse é um critério que deve ser pensado por você, criador de conteúdo. Estamos focados na efetividade do seu conteúdo, certo? Ótimos Resultados em pouco tempo, para quantos clientes quiserem.

Cursos remetem a construção de um valor que precisa se aperfeiçoado e que de apenas representará algum valor, após todo um ciclo de aprendizado, de teorias, pesquisas, experiências práticas até de fato que esse conhecimento seja aplicado. Curso também depende de didática e uma linha de raciocínio não convencional com relação aos processos da forma como são feitos na prática do dia a dia.  A consultoria, independente de ser presencial ou a distância, precisa gerar uma transformação a partir da experiência do consultor para garantir aquele resultado final desejado pelo cliente.

3 – Saiba fazer as perguntas certas nas horas certas.

Entender como o cérebro do cliente funciona é imprescindível para criar o enfoque do seu conteúdo. Qual é o mindset do meu cliente no momento em que ele inicia a consultoria? Aonde queremos chegar? Onde está a linha de raciocínio do meu conteúdo? Quais partes serão complexas demais para serem executadas agora? Essa é a hora certa de se criar certas atividades? Qual é a forma mais simples de se abordar um assunto complexo? Todas as atividades estão interligadas? todas essas respostas estão associadas a consistência do seu conteúdo.

Saiba aonde chegar antes de pensar em como ir. Entenda todas as necessidades que você precisa atender. Parece simples, mas muitas vezes, é natural que a importância da forma de como vamos realizar um feito, é maior do que o próprio! Lembre-se dos seus objetivos. Comece por eles!

Um bom exemplo disso,  é quando o cliente precisa mostrar ao auditor um documento que comprova uma prática que é de fato permeada na empresa. O raciocínio inicial é:  Imaginar como vamos fazer para que a prática em questão seja integrada a vida da empresa. Depois disso, criar um documento que represente esse contexto desejável seria uma tarefa quase que automática. Correto?  Errado! Essa é a linha de raciocínio de uma consultoria tradicional. Não podemos nos dar o luxo dessa lógica. Precisamos garantir essa relação entre os fatos. Então, o raciocínio deveria ser: O que precisa ser mostrado para o auditor? Resposta: Um documento.

Então devemos simplesmente criar documentos, apenas para “inglês ver”?

Calma lá! Não é bem assim.

Vamos reler a frase, “…o cliente precisa mostrar ao auditor um documento que comprova uma determinada prática que é de fato permeada na empresa”.

Estamos afirmando que é preciso ter um documento e também que esse de fato remeta à comprovação dessa prática existente dentro do ambiente empresarial. Então, o seu método precisa prever 2 fatores, de maneira independente. São eles:

A- Que exista informação documentada acerca do assunto.

B- Que esse documento reflita, de fato, a boa prática implantada na empresa.

O seu método digital precisa garantir atividades que considerem as duas premissas, simultâneamente. Comece pelo documento, pela entrega, pelo final do processo, e então descubra: Qual é a atividade que é preciso ser efetuada, para alcançá-la?

4 – A qualidade do seu conteúdo é fundamental.

Fazer um material com textos ricos e de fácil compreensão é a chave para o sucesso do seu cliente. Crie atividades, vídeos, textos, documentos, planilhas, infográficos e quaisquer outros materiais que agreguem ao seu cliente. Mostre para ele o valor do seu trabalho através da qualidade empregada no conteúdo e na parte técnica das mídias criadas. Invista em design e em uma produção multimídia profissional. Isso é fundamental.

5 – Esteja sempre pronto para entender novas necessidades dos seus clientes.

Seu material precisa ser a porta de entrada do cliente, para não mais sair. Identifique as suas futuras necessidades, crie diagnósticos que te façam compreender as demandas de cada novo usuário do seu produto. Invista em criar novos conteúdos que possam atendê-las.

A Plataforma do Evolutto, oferece a solução para a escalabilidade do seu negócio de consultoria. Com método e treinamentos é possível criar, editar, comparar e melhorar seus conteúdos afim de levar a melhor experiência para seus clientes.

Abraço!

Equipe Evolutto

Responder

  • Nome
  • Seu melhor e-mail