Todo negócio precisa ter seus custos controlados para ser sustentável e, claro, lucrativo.

Reduzir custos é assunto que precisa ser recorrente.

Com uma empresa de consultoria não é diferente.

E nesse caso, a gente sabe que a consultoria empresarial costuma ser um serviço de alto custo.

Mas será que precisa ser sempre assim?

Algumas vezes o consultor auxilia tantas outras empresas a se organizarem e ele mesmo acaba não conseguindo diminuir os custos da sua própria consultoria.

Antes de entrarmos nos primeiros passos para a redução de custos, precisamos reforçar a importância de ter um diagnóstico financeiro mensal da empresa.

Em um mês, os gastos podem te impressionar se forem colocados juntos em um documento.

Pare e pense: quanto você gastou com logística no mês passado?

diminuir-custos-da-sua-consultoria

Bastante, né?
Mas não precisa se preocupar, você vai ver que com organização, suas finanças começam a responder de forma positiva.

PASSO 1: Tenha controle de todas as informações

Quando eu falo de controle de informações, estou falando de toda a sua consultoria e não só na área financeira.

Todas as áreas que possuem gastos, precisam trabalhar com informações de qualidade para identificar da onde esses gastos estão vindo para ter, cada vez mais, relatórios confiáveis.

Se você perceber que um gasto está pesando mais no orçamento que o outro, você consegue ter uma visão global para tomar a decisão do que ajustar.

Hoje em dia, investir em softwares voltados para a área financeira pode ser uma boa saída para otimização de recursos e tempo.

PASSO 2: Diminua o número de visitas no cliente

Aeroportos, estradas, carros, outras cidades…

Geralmente os consultores, tanto os autônomos, quantos os funcionários de uma empresa de consultoria, passam mais tempo no cliente do que dentro da própria sala.

Será que esse modelo ainda é o melhor?

diminuir-custos-da-sua-consultoria

Logística é uma das maiores dores de cabeça do consultor.

Os gastos com deslocamento acabam sendo imensos e prejudicando, por exemplo, o caixa, o poder de escala e até a qualidade de vida do consultor.

Pensando nesses pontos, muitos consultores estão optando por novos modelos de aplicar a sua consultoria, como o modelo online e o híbrido. Digitalizar a consultoria já é uma realidade.

Separei para você um artigo que mostra a diferença entre consultoria online e híbrida.

PASSO 3: Avalie novas tecnologias do mercado

Esse passo reúne todos.

As tecnologias estão aí para facilitar o nosso trabalho e, na maior parte dos casos, colaboram para a redução de custos.

Hoje em dia, temos inúmeras plataformas para gestão financeira, mobilidade e consultoria online.

Todos esses três que são pontos sensíveis na soma total dos custos mensais da sua consultoria.

Te proponho um desafio: termine de ler esse post e faça uma pesquisa até achar as melhores ferramentas para você.

PASSO 4: Reduza os materiais de escritório

Essa eu deixei por último porque nem gostaria de estar falando sobre isso 😛

Com toda essa tecnologia disponível para a gente, não precisamos mais ter estoque de papel, por exemplo.

É claro que, às vezes, o uso do papel se faz necessário.

Mas o seu negócio pode ser muito mais econômico e sustentável se você começar a pensar nesses detalhes.

E aí?

Esses primeiros passos estão relacionados bastante com hábitos.

E a gente sabe que é complicado de começar, mas depois é só alegria!

Não se esqueça: dedicação e planejamento são os segredinhos para esse começo!

Responder

  • Nome
  • Seu melhor e-mail